Porco na lata

Porco na lata

O porco na lata surgiu no Brasil em meados do final do século XIX, entre os tropeiros, na intenção de armazenar suas refeições, durante seus percursos. Então, eles pegavam latas e baldes e colocavam as carnes, junto da banha de porco. Isso fazia a carne continuar apta para consumo, de forma totalmente inteira e com seu bom sabor. 

Ainda podemos encontrar essa tradição sendo realizada, mesmo com a atual tecnologia, que permite que os alimentos sejam conservados nas geladeiras, em Engenho D’Água. 

Esse método chegou em nosso país com os Portugueses, e foi bem conhecido nas roças do nosso país, até meados do final do século XX. 

O porco era criado nas fazendas e roças em chiqueiros ou eram amarrados em cordas, sua alimentação era restos das refeições, milho e caruru. Assim, depois que engordassem, eram abatidos e seus antigos donos se aproveitavam de sua carne. 

Essa estratégia de preparar a carne na lata nos ressalta o que são as aldeias. Nesses locais a tecnologia não é muito usada e toda a economia vem do cultivo da agricultura das próprias famílias ali presentes. 

O porco na lata é uma carne que leva em média 3h para ser preparada, quando feita em fogão a lenha, em baixo cozimento. 

A cozinheira ou cozinheiro responsável pelo preparo dessa receita acaba ficando o dia todo preparando a refeição, por causa da fritura da carne e o armazenamento das carnes nas latas.

A carne era 100% coberta de gordura e após esfriar, ficava com uma cor branca (no caso a gordura solidificada) que funcionava como uma capa para a carne, protegendo-a de fatores contaminados, como o ar e sujeiras. A lata só poderia ser tampada depois que a carne se esfriasse totalmente, que é quando a gordura se solidificasse.

Mas como a carne era servida com essa capa de gordura? Quando era necessário, o pedaço de carne suficiente para alimentar a pessoa era cortado e colocado em uma panela para derreter essa capa e ser servido.

Receita do porco na lata:

Ingredientes

  • 1kg pernil 
  • 1kg toucinho (sem pele)
  • Pimenta de bode 
  • 1 dente de alho 
  • Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo do Porco na lata

1. Corte o pernil em cubos de aproximadamente 5 cm. 

2. Tempere com o sal, pimenta do reino, pimenta de bode e o alho amassado. 

3. Deixe a carne temperada descansando na geladeira por 5 horas. 

4. Pique o toucinho e coloque em uma panela grande (ou tacho). 

5. Coloque em fogo médio, até derreter bem e ficar dourado. 

6. Coloque a carne temperada na panela do toucinho derretido e frite bem, virando de vez em quando, até ficar bem dourada. 

7. Espere esfriar, retire a carne com uma escumadeira e distribua num pote. 

8. Passe a gordura em uma peneira para tirar os pedacinhos que ficam da fritura. 

9. Derrame a gordura em cima da carne no pote até cobrir totalmente a carne. 

10. Deixe esfriar muito bem para não condensar e criar umidade dentro. 

11. Tampe o pote e guarde. 

12. Na hora de servir, transfira para uma panela a quantidade desejada com um pouco da gordura, aqueça e doure de todos os lados.

Agora que você já aprendeu como fazer essa maravilhosa e simples Porco na lata, que tal conhecer também outras receitas muito saborosas e práticas que temos aqui no blog Minhas Receitas? Contamos com muitas opções de lanches, guloseimas e outras iguarias deliciosas para deixar seu dia mais gostoso.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.